Segundo as investigações, ela vinha recebendo aposentadoria por invalidez irregularmente, porém continuava trabalhando.

De acordo com a PF, a suspeita vinha recendo os benefícios irregularmente havia um ano, num total de cerca de R$ 700 mil — Foto: Reprodução/EPTV
De acordo com a PF, a suspeita vinha recendo os benefícios irregularmente havia um ano, num total de cerca de R$ 700 mil — Foto: Reprodução/EPTV

Uma mulher de cerca de 30 anos foi presa pela Polícia Federal em Londrina, no norte do Paraná, suspeita de fraudar o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).

Segundo as investigações, ela vinha recebendo aposentadoria por invalidez – benefício concedido para pessoas impossibilitadas de trabalhar -, mas continuava trabalhando normalmente em uma escola particular da cidade.

A mulher foi presa em flagrante quando se preparava para sacar o benefício em um caixa eletrônico. Ainda de acordo com a PF, ela vinha recendo os valores havia um ano, num total de cerca de R$ 700 mil.

Inicialmente, apontam as investigações, a suspeita recebia auxílio doença em virtude de um acidente de trabalho e o benefício foi convertido em aposentadoria por invalidez.

Ela responderá pelo crime de estelionato qualificado, cuja pena prevista pode chegar a seis anos de prisão.

Os donos da escola particular onde a mulher trabalhava sem registro também podem ser responsabilizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here