Quem nunca se perguntou o qual é a diferença entre a cerveja e o chopp? Certamente vai ser muito difícil você encontrar uma pessoa que nunca tenha se indagado sobre isso.

Para ajudar nestes questionamentos convidamos a Läut Cervejaria para conversar sobre o assunto esclarecendo esses pontos que tanto pegam de surpresa as pessoas no momento de escolher uma das suas para apreciar.

●   Chopp vs Cerveja:

Aqui no Brasil, a cerveja armazenada sob pressão (barril) é conhecida como Chopp. Os estudiosos acreditam que o costume de tomar a bebida desta forma surgiu como resultado da imigração alemã.

A palavra Chopp vem de schoppe, que é um termo de origem alemã que significa “copo de meio litro”, medida utilizada para pedir nos balcões dos bares a cerveja do barril.

Os especialistas da Läut Cervejaria mencionam que com o tempo, a palavra passou a ser utilizada até mesmo pelos brasileiros, que se acosturam a chegar no balcão dos bares e pedir um Chopp, assim como os alemães.

Mas afinal das contas, você conhece as diferenças entre a cerveja sob pressão, conhecida como Chopp, e a cerveja de garrafa ou lata?

●    Entendendo a diferença entre Chopp e Cerveja:

 1 – Processo de pasteurização:

Certamente tudo começa por dentro das fábricas. Tanto a cerveja quanto o Chopp possuem os mesmos ingredientes e seguem os mesmos métodos de produção, os quais, segundo a Läut Cervejaria, variam de acordo com cada mestre cervejeiro e com cada marca.

A grande diferença entre os produtos é que no final, a cerveja é pasteurizada e o Chopp, não. A pasteurização serve basicamente para prolongar o tempo de vida das cervejas.

Pasteurização pode ser explicada como um processo físico de esterilização de alimentos que foi desenvolvida no ano de 1864 por Louis Pasteur, um cientista francês.

Durante esse processo, a bebida é aquecida a uma temperatura de 70º C, de cinco a dez minutos. Em seguida, o líquido é subitamente resfriado, eliminando microrganismos que podem ser nocivos.

Mas vale ressaltar que nos dias atuais algumas grandes cervejarias pasteurizam o Chopp para aumentar o seu tempo de validade, descaracterizando a principal diferença entre os dois tipos de bebidas.

2 – Validade x duração dos produtos:

Pelo fato de ter passado pelo processo de pasteurização, a cerveja tem um tempo de validade bem maior que o Chopp.

A cerveja dura em média 8 meses na garrafa em temperatura ambiente e depois de aberta deve ser consumida em poucas horas. Já o Chopp por sua vez, conforme explica a Läut Cervejaria, ele tem uma validade de 45 dias, sob refrigeração.

E após aberto, se mantido em condições adequadas de armazenamento e refrigeração, pode ser consumido em até 5 dias, mas para que dure por este período, é essencial que ele esteja bem refrigerado.

3 – O sabor não é o mesmo:

A pasteurização é responsável por modificar, ainda que de maneira leve, o sabor da bebida e o processo de filtração pode retirar parcialmente as substâncias que aumentam o corpo da cerveja.

Deste modo, as cervejas, se comparadas com o Chopp, têm uma diferença no paladar. Além disso, o Chopp caracteriza-se por ser mais cremoso do que a cerveja, tornando a apreciação da bebida ainda melhor para a maioria das pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here