Como muitos sabem, a repercussão que teve as manifestações de 2013 e 2014 acabou causando mudanças no cenário político. Quem gerou influência durante esse período foi um dos movimentos que conseguiu pedir o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e levar milhões de Brasileiros para as manifestações o movimento: o Vem Pra Rua.

O VemPraRua foi fundado em 2014 e teve participação direta nas manifestações pró impeachment. A mobilização de milhões de brasileiros culminou no afastamento da presidente Dilma. Com isso, o principal objetivo do movimento foi atingido, pois logo após todos irem para as ruas e protestarem de maneira pacífica contra corrupção, a antiga presidente teve seu impeachment concedido e foi investigada.

Quando falamos do VemPraRua, as informações que aparecem na internet é que o movimento tem dois fundadores, os empresários Rogério Chequer e Colin Butterfield. Porém, o que poucas pessoas sabem é que outro idealizador sempre esteve por trás de tudo, mas preferiu manter o sigilo referente a isso. Trata-se de Felipe Bernardi Capistrano Diniz que concedeu uma entrevista exclusiva, mostrando conversas, planos e imagens sobre tudo o que aconteceu nas manifestações de 2014 e como o projeto VemPraRua surgiu.

Após diversas conversas e opiniões trocadas e especialmente o advento da internet, o que muitas pessoas poderia ser impossível, foi se desnudando em realidade. O VemPraRua junto com seus três fundadores, entre eles Felipe Bernardi Capistrano Diniz, conseguiram dar voz à população e ressaltar a importância aos eleitores brasileiros de sua força através de manifestações pacíficas. 

Foi possível ter acesso a algumas conversas que eles trocavam referente à movimentação, veja com exclusividade a conversa entre Colin Butterfield e Felipe Diniz:

Após diversas conversas, ideias e opiniões trocadas, o que muitas pessoas sabem é que depois de tantas informações que eles conseguiram ter acesso, muitas vezes o que parecia ser simples, foi se tornando mais complexo, pois o VemPraRua junto com seus três fundadores, entre eles o Felipe Bernardi Capistrano Diniz, conseguiram dar voz a população e ressaltar a importância dos eleitores brasileiros. Visando esse propósito foi surgindo a ideia de formalizar um movimento que conseguisse dar voz ao povo através de manifestações pacíficas. 

Quando perguntamos para Felipe como surgiu a ideia de criar esse movimento e tomar a iniciativa de novas projeções e também o porquê desse intuito em dar voz ao povo após ver toda essa corrupção acontecendo, ele responde: “É com muito orgulho que participei da criação do VemPraRua ao lado de Rogerio Chequer e Colin Butterfield. Lembro-me de como tudo se iniciou. Longas conversas ao telefone onde dividíamos a mesma indignação com o desgoverno do PT.”

Após essas informações serem apuradas por todos eles, o projeto VemPraRua começou a sair do papel e foi tomando uma proporção que nem eles imaginavam. Foram diversas manifestações em diferentes locais. A principio Felipe Bernardi Capistrano Diniz afirma que estava à frente das três primeiras manifestações que ocorreram na Esplanada em Brasília, no mês de agosto de 2014.

“Nossas conversas datam de final de 2013 e se arrastaram até outubro de 2014, culminando em 3 passeatas no citado mês. A primeira consegui levar pouco mais de 100 pessoas. Eu aluguei o carro de som e o telão (transmiti o debate presidencial da Esplanada dos Ministérios), eu pedi autorização à Secretaria de Segurança Pública, eu imprimi os banners/cartazes e etc. Na segunda passeata foram de 3 a 5 mil pessoas e na terceira mais de 10 mil”, afirma, Felipe Bernardi Capistrano Diniz idealizador do projeto VemPraRua.

Com a insatisfação do governo petista e com as acusações que foram feitas à ex-presidente Dilma Rousseff, o movimento VemPraRua contou com a colaboração da população, pois a organização não tinha fins lucrativos e nenhum vinculo com empresas ou políticos.

Após a criação da página no Facebook, o segundo passo do Vem Pra Rua foi disseminar mensagens via WhatsApp, convidando todos para as manifestações. As mensagens eram sempre bem elaboradas e contava com endereço, dia e horário de onde começaria a manifestação. Tudo isso na visão do fundador Felipe Bernardi Capistrano Diniz foi fundamental e deu toda essa visibilidade para o movimento.

Após as primeiras manifestações ocorridas através do VemPraRua, o projeto foi se expandindo cada vez mais. Um dos grandes momentos do movimento foi em 2015, ano pós Copa do Mundo, e desde então é notório o espaço e a proporção que o VPR tomou.

“O VPR cresceu e desde 2015 caminha por conta própria, com a ajuda e interação de milhares de pessoas. Me alegro ao ver tudo que foi conquistado. À época optei em não permanecer à frente do movimento. Meu pai havia sido deputado e para não pairar dúvidas de que éramos apartidários e não prejudicar o objetivo do movimento, me afastei”, finaliza Felipe Bernardi Capistrano Diniz.

Para Felipe, estar por trás e não informar que era também um dos idealizadores do projeto foi decisão somente sua, até porque seu pai era um deputado conhecido. Como o movimento não tem participação com nenhuma figura política, Felipe preferiu ficar afastado dos holofotes e manter o anonimato.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here