A obesidade é um pesadelo que assombra milhares de pessoas no mundo todo, pois os efeitos do sobrepeso prejudicam grandemente a saúde das pessoas, bem como impacta de forma severa na qualidade de vida de quem está acima do peso.

Como alternativa à obesidade, existe a cirurgia bariátrica, que nada mais é do que uma intervenção médica, que consiste na diminuição do estômago, fazendo com que a pessoa como menos e consequentemente  perca peso.

Abdon José Murad Júnior é médico e lida com pacientes obesos há muito tempo e explica que a cirurgia bariátrica reúne um conjunto de técnicas para diminuição do estômago, objetivando para a redução do peso. O profissional fala que: “o procedimento é feito quando as atividades físicas não causam mais efeito no paciente obeso, necessitando de uma intervenção médica para reversão do quadro de obesidade de maneira rápida”.

Abdon Murad Junior
  • Quando a cirurgia bariátrica é indicada?

O médico Abdon Murad fala que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para pacientes com IMC acima de 35 Kg/m² e que possuem complicações como apneia do sono, hipertensão arterial, diabetes, aumento de gorduras no sangue e problemas articulares, ou para pessoas que possuem IMC maior que 40 Kg/m² que não tenham obtido sucesso na perda de peso após dois anos de tratamento clínico, mesmo com a ingestão de  medicamentos específicos.

O médico ressalta que é muito importante fazer um controle médico frequente que vise o acompanhamento da pessoa obesa, para que seja traçado todo o percurso antes, durante e depois da cirurgia para que possa aumentar o nível e as chances de sucesso do procedimento.

Abdon José Murad Jr, ressalta que: “ O paciente deve ser avaliado de forma totalmente individual, bem como ser submetido a uma avaliação clínico-laboratorial que inclui procedimentos como: aferição da pressão arterial, dosagens da glicemia, lipídios/gorduras e outras dosagens sanguíneas, avaliação das funções hepática, cardíaca e pulmonar.”

 É importante também realizar uma endoscopia digestiva e a ecografia abdominal, pois são importantes durante os procedimentos pré-operatórios.

O Dr. Abdon também indica que seja feita uma avaliação psicológica do paciente, e atualmente este acompanhamento tem se tornado rotineiro, também fazendo parte dos procedimentos pré-operatórios obrigatórios.

Fazendo todo o acompanhamento, exames e seguindo as especificações do profissionais, sejam eles médicos, terapeutas, ou até mesmo nutricionistas, as chances de sucesso do paciente são bastante elevadas.

“Manter o peso ideal de acordo com a idade, sexo e altura de cada pessoa deixou de estar ligado unicamente à estética. Precisamos entender que o sobrepeso é prejudicial à saúde e cuidar-se virou uma forma de garantir uma vida mais longa e de qualidade”, conclui o médico Abdon José Murad Júnior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here